Back to black

large1

É possível a criatividade, como um musculo fora de uso, atrofiar? Em prol de salvar o que me resta de criativo, criei um blog. Sim, outro. É impossível para mim continuar com um blog antigo, cheio de pensamentos e opiniões ultrapassadas. Na verdade, não preciso de outro blog, preciso de um terapeuta ou alguém desocupado o suficiente para ouvir tudo – ou quase tudo – que se passa pela minha cabeça.

Escrever depois de tanto tempo sem produzir é mais difícil do que parece. É como se fosse a sola de um tênis gasto, escorregadia, que faz a gente andar engraçado e se perguntar se alguém está reparando.  Uma vez li que um bom exercício criativo é escrever várias palavras aleatórias, porque faz com que a criatividade volte a fluir aos poucos.

Água, barulho, coceira, futebol, letras, escuro, teclado, tapete, literatura, inovação, mídia, constelação.

Será que agora vai?

Anúncios